ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Podemos e Rede vão ao Supremo contra aprovação do novo fundo eleitoral

20 de setembro de 2019

Podemos e Rede vão ao Supremo contra aprovação do novo fundo eleitoral

BRASÍLIA – Líderes da Rede e do Podemos no Senado decidiram questionar, no Supremo Tribunal Federal (STF), o processo de votação do projeto aprovado na Câmara que afrouxa as regras de fiscalização de contas partidárias e impõe um teto às multas para os partidos que descumprirem a prestação de contas.

Randolfe Rodrigues, da Rede, aguarda a sanção do presidente para entrar com o recurso no STF. Agência Senado / Pedro França

BRASÍLIA – Líderes da Rede e do Podemos no Senado decidiram questionar, no Supremo Tribunal Federal (STF), o processo de votação do projeto aprovado na Câmara que afrouxa as regras de fiscalização de contas partidárias e impõe um teto às multas para os partidos que descumprirem a prestação de contas.

O líder da minoria, Randolfe Rodrigues, da Rede, afirmou que aguarda a sanção do presidente Jair Bolsonaro para entrar com o recurso no STF.

Por sua vez, o senador Álvaro Dias, líder do podemos, reiterou que a ideia dos dois partidos é questionar no supremo a tramitação do projeto.  O senador disse que ainda estão sendo analisados os aspectos a serem questionados, mas adiantou que, preliminarmente, já dá para dizer que houve um atropelamento do regimento.