ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > PF investiga suspeita de superfaturamento em compras no Hospital Gaffrée e Guinle, no Rio

10 de fevereiro de 2021

PF investiga suspeita de superfaturamento em compras no Hospital Gaffrée e Guinle, no Rio

PF investiga suspeita de superfaturamento em compras no Hospital Gaffrée e Guinle, na Zona Norte do Rio.

RIO – A Polícia Federal deflagrou, hoje (10) pela manhã, uma operação contra suposta fraude em contratos no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, na Tijuca, na Zona Norte do Rio.

A operação investiga a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) durante a pandemia da Covid-19. Há suspeita de direcionamento na escolha do fornecedor e de superfaturamento. As investigações apontam que alguns itens foram comprados pelo triplo do preço de mercado.

O ex-secretário estadual de Saúde do Rio, Fernando Ferry é um dos alvos dessa operação da Polícia Federal. Fernando Ferry se licenciou do cargo de superintendente da unidade, que é vinculada à UniRio, para assumir a Secretaria de Saúde, em maio do ano passado.

Agentes foram para as ruas cumprir cinco mandados de busca e apreensão na Tijuca, no Maracanã, em Jacarepaguá e também em Duque de Caxias. Não há mandados de prisão.

As suspeitas de irregularidade estão baseadas em documentos elaborados pelo setor de auditoria da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares e também em relatório da Corregedoria Geral da União.