ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > PF faz operação que apura fraudes no Porto de Santos

22 de agosto de 2019

PF faz operação que apura fraudes no Porto de Santos

RIO – A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã de hoje (22), a 2ª fase da operação Tritão, que investiga fraudes em licitações e contratos na Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), administradora do Porto de Santos.

Agência Brasil/ Marcello Casal Jr.

RIO – A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã de hoje (22), a 2ª fase da operação Tritão, que investiga fraudes em licitações e contratos na Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), administradora do Porto de Santos.

Ao todo são 21 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão. Entre os alvos estão um ex-deputado, empresários e ex-diretores da estatal. 

Até as 9h30, 20 pessoas tinham sido presas, e uma estava foragida.

A primeira fase dessa operação aconteceu em outubro do ano passado, quando o então presidente, dois diretores e um servidor da Codesp, além de três empresários, foram presos por peculato, suspeita de corrupção e fraude em licitações. Todos os investigados foram soltos logo depois.

Essa 2ª etapa da operação Tritão foi deflagrada após o aprofundamento das investigações e com a delação premiada de um dos presos na fase inicial.