ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > PF aponta ao Supremo indícios de que Temer recebeu vantagem ilícita da Odebrecht

6 de setembro de 2018

PF aponta ao Supremo indícios de que Temer recebeu vantagem ilícita da Odebrecht

BRASÍLIA – A Polícia Federal (PF) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) relatório conclusivo citando indícios de que o presidente Michel Temer recebeu vantagem indevida de executivos da Odebrecht. O delegado Thiago Delabary apontou suspeitas de que Temer cometeu crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A investigaç&ati

O presidente Michel Temer. Arquivo Agência Brasil/Marcelo Camargo

BRASÍLIA – A Polícia Federal (PF) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) relatório conclusivo citando indícios de que o presidente Michel Temer recebeu vantagem indevida de executivos da Odebrecht. O delegado Thiago Delabary apontou suspeitas de que Temer cometeu crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A investigação diz respeito a um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, em que teria sido acertado um repasse ilícito de R$ 10 milhões ao então PMDB.

De acordo com o delegado, há indícios de que Michel Temer teria recebido R$ 1,438 milhão a partir de solicitações feitas pelo ministro Moreira Franco.