ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Pela 1ª vez na história, um jogo da Copa vai ter um trio de arbitragem feminino

1 de dezembro de 2022

Pela 1ª vez na história, um jogo da Copa vai ter um trio de arbitragem feminino

DOHA – A partida será hoje (1 ), e o trio de arbitragem do jogo Costa Rica e Alemanha contará com uma brasileira.

CBF / Liamara Poli

DOHA (agências internacionais) – Pela 1ª vez na história da Copa do Mundo um trio de arbitragem será formado só por mulheres. A Fifa confirmou que a partida entre Costa Rica e Alemanha, pelo grupo E, logo mais, às 16h, terá a francesa Stéphanie Frappart, a mexicana Karen Diaz Medina e a brasileira Neuza Back responsáveis pelo jogo. Já a canadense Kathryn Nesbitt estará presente na equipe do VAR. Essa é a 1ª vez que a Fifa conta com mulheres no quadro de arbitragem do Mundial. São seis no total, sendo três árbitras e três bandeirinhas.

O jogo Brasil e Camarões amanhã (2), às 16h, pela Copa do Mundo, terá como árbitro o americano Ismail Elfath. Ele estreou no Mundial do Catar apitando Portugal e Gana. Elfath foi criticado por marcar um pênalti para a seleção portuguesa sem checar o lance no VAR. A penalidade foi convertida por Cristiano Ronaldo e abriu o placar da vitória por 3 a 2 dos portugueses. 

E no jogo de amanhã (2), o Brasil terá Daniel Alves como capitão. Aos 39 anos, Daniel Alves se tornará o jogador mais velho a atuar pela seleção em Copas do Mundo. O jogador vai superar Thiago Silva, que tem 38, além de Nilton Santos e Djalma Santos, que defenderam o Brasil em mundiais com 37 anos.