ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Paulo Guedes anuncia seis secretários da nova equipe econômica

8 de dezembro de 2018

Paulo Guedes anuncia seis secretários da nova equipe econômica

BRASÍLIA – O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou, hoje (8), que o secretaria-executiva da pasta ficará com Marcelo Guaranys, ex-diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

De acordo com a Agência Brasil, servidor da carreira de analista de finanças e controle do Tesouro Nacional, Guaranys é mestre em direito p&uacute

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

BRASÍLIA – O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou, hoje (8), que o secretaria-executiva da pasta ficará com Marcelo Guaranys, ex-diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

De acordo com a Agência Brasil, servidor da carreira de analista de finanças e controle do Tesouro Nacional, Guaranys é mestre em direito público pela Universidade de Brasília e é o atual subchefe de análise e acompanhamento de políticas governamentais da Casa Civil da Presidência da República.

Paulo Guedes também confirmou, neste sábado (8), seis novos nomes que farão parte do próximo Ministério da Economia. Entre eles estão Waldery Rodrigues Júnior, como secretário geral da Fazenda, e Esteves Colnago, que atualmente é o ministro do Planejamento e passará a ser secretário-geral adjunto da Fazenda no governo Bolsonaro.

 

Os seis secretários do Ministério da Economia anunciados por Guedes são:

– Marcelo Guaranys, secretário-executivo;

– Waldery Rodrigues Júnior, secretário-geral da Fazenda;

– Esteves Colnago, secretário-geral adjunto da Fazenda;

– Paulo Uebel, secretário-geral de Desburocratização, Gestão e Governo Digital;

– Gleisson Cardoso Rubin, secretário-geral adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital;

– Carlos da Costa, secretário-geral de Produtividade e Competitividade.