16 de maio de 2018

Rio: parte dos radares do BRS voltará a multar ainda este mês no Centro e em Copacabana

Rio: parte dos radares do BRS voltará a multar ainda este mês no Centro e em Copacabana

Divulgação prefeitura do Rio

RIO - Os radares do sistema BRS vão voltar, no fim deste mês, a multar motoristas que invadirem a faixa de ônibus e condutores de coletivos que saírem dela no Rio. Os equipamentos foram removidos em dezembro por causa do término do contrato com a empresa responsável pelo serviço.

A instalação dos novos radares começou há cerca de 15 dias e deve terminar nas 21 pistas seletivas de ônibus do Rio só em dezembro. No entanto os corredores das avenidas Presidente Vargas, no Centro, e Nossa Senhora de Copacabana, na Zona Sul, já estão, cada um, com mais de 10 pardais aguardando aferição do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) do estado para começarem a marcar as infrações.

Os corredores BRS foram implantados no Rio em 2011 para melhorar a mobilidade em vias congestionadas e tornar mais rápidos os deslocamentos de ônibus, que usam as pistas à direita da faixa azul, assim como táxis com passageiros. Os demais veículos devem seguir pela esquerda.

A medida chegou a reduzir em 24% o tempo médio em alguns percursos, mas, desde a retirada dos equipamentos, apenas guardas municipais estão multando.