ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Papa: “O mundo precisa de uma vacina para o coração”

1 de janeiro de 2021

Papa: “O mundo precisa de uma vacina para o coração”

VATICANO – Para o Pontífice é importante educar o coração para o cuidado, para cuidar das pessoas e das coisas.

Vaticano News

VATICANO (agências internacionais) – O Papa Francisco disse hoje (1º) que 2021 será “um bom ano” se as pessoas cuidarem umas das outras e ressaltou que, além de uma vacina contra o coronavírus, o mundo precisa de uma “vacina para o coração”.

O líder da Igreja Católica fez sua primeira aparição pública do ano nesta sexta-feira (1°), depois de ter cancelado a participação que faria em celebrações na Basílica de São Pedro, ontem (31) à noite, devido a uma crise ciática que causa dor na perna direita, informou o Vaticano. O problema de saúde também fez o Pontífice não conduzir a missa deste 1º janeiro. A Homilia preparada pelo Santo Padre foi lida pelo Cardeal Parolin durante a cerimônia. O pontífice escreveu: “Neste ano, enquanto aguardamos um renascimento e novos tratamentos, não negligenciemos o cuidado. Com efeito, além da vacina para o corpo, é necessária a vacina para o coração: é o cuidado”. Para Francisco, “será um bom ano se cuidarmos dos outros, como Nossa Senhora faz conosco”. O Pontífice escreveu ainda: “Como é importante educar o coração para o cuidado, para cuidar das pessoas e das coisas. Tudo começa daqui, de cuidarmos dos outros, do mundo, da criação. Pouco aproveita conhecer muitas pessoas e muitas coisas, se não cuidarmos delas.”

Já na biblioteca do Palácio Apostólico, o Papa pronunciou, nesta sexta-feira (1º) a tradicional oração do Angelus, cercado por uma árvore e um presépio de Natal. “Envio meus melhores votos de paz e serenidade no Ano Novo”, declarou. “Os dolorosos acontecimentos que marcaram a vida da humanidade no ano passado, em particular a pandemia, nos ensinaram como é necessário nos interessar pelos problemas dos outros e compartilhar suas preocupações”, disse o líder da Igreja Católica.