ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Eduardo Paes toma posse como prefeito do Rio pela 3ª vez

1 de janeiro de 2021

Eduardo Paes toma posse como prefeito do Rio pela 3ª vez

RIO – Um pouco antes da posse de Paes como o novo prefeito do Rio, Carlo Caiado (DEM) foi eleito presidente da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro.

Divulgação Prefeitura do Rio

RIO – Eduardo Paes (DEM) tomou posse, no início da tarde de hoje (1º), como prefeito do Rio de Janeiro pela 3ª vez. A cerimônia foi na Câmara de Vereadores, no Centro. Este é o terceiro mandato de Paes à frente da cidade do Rio de Janeiro: ele foi prefeito da cidade entre 2009 e 2016.

Paes fez o juramento e assinou o livro de posse, assim como o vice-prefeito, Nilton Caldeira (PL). O discurso de posse durou 15 minutos. O prefeito criticou a “herança perversa” da gestão anterior e disse que dará prioridade ao combate à corrupção e à recuperação econômica do município. O novo prefeito disse ainda que “fará um governo antirracista” e que ouvirá “todas as vozes de uma cidade tão ampla e tão diversa”. Ainda durante o discurso, Paes citou a abertura de 343 leitos para Covid-19, entre outras ações contra a pandemia.

Eduardo Paes já publicou 74 decretos no Diário Oficial do município, determinou investigações sobre o prefeito anterior, Marcelo Crivella, e decretou uma série de medidas econômicas para conter gastos do governo. como a suspensão de concursos públicos.  

O novo prefeito do Rio também criou uma comissão de investigação preliminar para apurar possível irregularidade na prefeitura no chamado “QG da Propina”, episódio que levou o prefeito anterior, Marcelo Crivella, à prisão. Eduardo Paes também ordenou investigações sobre as obras e os contratos do hospital de campanha do Riocentro e sobre remédios supostamente não utilizados na saúde.

Cinquenta e um vereadores também foram empossados neste primeiro dia do ano. Antes da posse de Eduardo Paes como prefeito da capital fluminense, o vereador Carlo Caiado (DEM) foi eleito o novo presidente da Câmara de Vereadores do Rio. Na eleição, a única chapa que concorreu foi eleita com 44 dos 49 votos dos presentes na sessão.

A Câmara do Rio, após a cerimônia, dá prosseguimento ao recesso parlamentar, que começou no dia 15 de dezembro. As atividades legislativas terão início em 15 de fevereiro.