ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Pacotes com potenciais explosivos são enviados para Obama e Hillary Clinton, e prédio da CNN é esvaziado em NY

24 de outubro de 2018

Pacotes com potenciais explosivos são enviados para Obama e Hillary Clinton, e prédio da CNN é esvaziado em NY

NOVA YORK (agências internacionais) – Dois apresentadores da rede americana CNN foram interrompidos, nesta quarta-feira (24), durante uma transmissão ao vivo por causa da presença de supostos artefatos explosivos no edifício onde fica a redação da emissora em Nova York, nos EUA. O alarme de incêndio do prédio tocou, e os jornalistas Poppy Harlow e Jim Sciutto foram forçados

Foto: Reprodução Twitter

NOVA YORK (agências internacionais) – Dois apresentadores da rede americana CNN foram interrompidos, nesta quarta-feira (24), durante uma transmissão ao vivo por causa da presença de supostos artefatos explosivos no edifício onde fica a redação da emissora em Nova York, nos EUA. O alarme de incêndio do prédio tocou, e os jornalistas Poppy Harlow e Jim Sciutto foram forçados a continuar trabalhando da rua porque o prédio teve que ser esvaziado.

Os dois noticiavam que outros dois pacotes suspeitos com possíveis dispositivos explosivos tinha sido encontrados em correspondências enviadas aos escritórios do ex-presidente americano Barack Obama e da ex-secretária de estado Hillary Clinton.

O serviço secreto interceptou os pacotes endereçados a Hillary Clinton e Obama que foram imediatamente identificados como "potenciais dispositivos explosivos" durante os procedimentos de triagem de rotina.

A CNN chegou a afirmar que um quarto pacote suspeito teria sido enviado para a Casa Branca, mas o serviço secreto americano negou essa informação.

Não está claro se os incidentes com a CNN e os dois políticos democratas têm alguma relação.