ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Operação prende no Rio mais de 40 suspeitos de crime contra a mulher

7 de agosto de 2018

Operação prende no Rio mais de 40 suspeitos de crime contra a mulher

RIO – Pelo menos 42 suspeitos de violência doméstica e sexual contra as mulheres foram presos hoje (7) no Rio numa operação das Delegacias Especiais de Atendimento a Mulher. A ação da Polícia Civil tem como objetivo reforçar a importância da Lei Maria da Penha, que hoje completa 12 anos.

Pelo menos quatro pessoas

Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro

RIO – Pelo menos 42 suspeitos de violência doméstica e sexual contra as mulheres foram presos hoje (7) no Rio numa operação das Delegacias Especiais de Atendimento a Mulher. A ação da Polícia Civil tem como objetivo reforçar a importância da Lei Maria da Penha, que hoje completa 12 anos.

Pelo menos quatro pessoas foram presas por crime de feminicídio.

O caso mais recente que aconteceu no Rio foi o do pintor Anderson da Silva, de 28 anos, que foi preso após confessar ter matado asfixiada a esposa Simone da Silva de Souza, de 25 anos, por causa de ciúmes, na casa do casal no Complexo do Alemão, na Zona Norte.

Simone estava grávida de dois meses, e Anderson desconfiava que não fosse o pai da criança. O pintor matou a mulher na frente do filho do casal de apenas 3 anos. Anderson vai responder pelos crimes de feminicídio e aborto e pode pegar até 40 anos de prisão.