ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > OPAS alerta para “risco altíssimo” da reintrodução da poliomielite no Brasil

22 de setembro de 2022

OPAS alerta para “risco altíssimo” da reintrodução da poliomielite no Brasil

A cobertura vacinal para a doença caiu para 79%, menor índice desde 1994

Tânia Rêgo/Agência Brasil

 

A Organização Pan-Americana de Saúde alertou que Brasil, Haiti, Peru e República Dominicana correm alto risco de reintrodução da Poliomielite. O motivo é a queda na cobertura regional de vacinação contra a doença,

Atualmente, o Brasil está em campanha de vacinação, que o Ministério da Saúde prorrogou até o dia 30 deste mês. A campanha contra a Paralisia Infantil busca alcançar crianças de até 5 anos incompletos que ainda não foram vacinadas com as primeiras doses do imunizante ou ainda não tomaram as doses de reforço.

O último caso da doença registrado no Brasil foi em 1989 e o país chegou a receber o certificado de erradicação da doença em 1994, emitido pela Opas.
Entre 1994 e 2015, o país registrou uma taxa de vacinação contra a pólio superior a 95%, mas, desde então, a taxa vem caindo. Nos últimos dez anos, a cobertura vacinal da poliomielite no país caiu de 96,5% (2012) para 61,3% (2021).