ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > OEA não reconhece novo mandato de Nicolás Maduro na Venezuela e pede nova eleição

10 de janeiro de 2019

OEA não reconhece novo mandato de Nicolás Maduro na Venezuela e pede nova eleição

RIO – A Organização dos Estados Americanos aprovou hoje (10) declaração em que afirma não reconhecer a legitimidade do novo mandato de Nicolás Maduro na Venezuela.

O documento, que pede nova eleição, foi aprovado logo após Maduro tomar posse para mais um mandato de seis anos, até 2025.

Foto: Divulgação OEA

RIO – A Organização dos Estados Americanos aprovou hoje (10) declaração em que afirma não reconhecer a legitimidade do novo mandato de Nicolás Maduro na Venezuela.

O documento, que pede nova eleição, foi aprovado logo após Maduro tomar posse para mais um mandato de seis anos, até 2025.

A resolução da OEA foi aprovada com 19 votos a favor, 6 contrários e uma ausência. Entre os países que votaram a favor da declaração contra Maduro estão Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Equador e Estados Unidos.

O grupo que rejeitou a declaração da OEA inclui, além da própria Venezuela, a Bolívia, Nicarágua e alguns países caribenhos. O México se absteve.

Logo após a posse de Maduro, o governo do Paraguai anunciou o rompimento das relações com a Venezuela.

 Nicolás Maduro foi reeleito em maio de 2018 com quase 70% dos votos, numa eleição boicotada pela oposição, com alta abstenção e denúncias de fraude.

 No discurso de posse, Maduro disse que a Venezuela está no ‘centro de uma guerra mundial travada por governos satélites dos Estados Unidos’.