ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Nova tabela de fretes terá impacto de R$ 3,4 bilhões no setor de grãos, prevê Anec

5 de setembro de 2018

Nova tabela de fretes terá impacto de R$ 3,4 bilhões no setor de grãos, prevê Anec

SÃO PAULO – a nova tabela de fretes para transporte rodoviário, divulgada hoje (5) pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, representa um custo adicional de R$ 3,4 bilhões para o setor de grãos do Brasil. A estimativa é do diretor-geral da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais, Sérgio Mendes.

O cál

Agência Brasil

SÃO PAULO – a nova tabela de fretes para transporte rodoviário, divulgada hoje (5) pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, representa um custo adicional de R$ 3,4 bilhões para o setor de grãos do Brasil. A estimativa é do diretor-geral da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais, Sérgio Mendes.

O cálculo leva em conta a área plantada com soja e milho no Brasil e a rota de Rio Verde, em Goiás, até o porto de Santos, considerada uma das mais tradicionais para o escoamento desses produtos no país.

Segundo Sérgio Mendes, antes da imposição de uma tabela, os fretes por tonelada de soja e milho giravam em torno de R$ 170 a tonelada. Com o tabelamento aplicado pelo governo na esteira da greve dos caminhoneiros, o custo do frete subiu para R$ 225 reais. Agora, passou para algo em torno de R$ 236 reais, levando-se em consideração o reajuste médio previsto de 5%.