ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Norueguês é preso no Rio por importunação sexual e alega que “não conseguiu se controlar”

30 de novembro de 2018

Norueguês é preso no Rio por importunação sexual e alega que “não conseguiu se controlar”

RIO – Um norueguês foi preso em flagrante por importunação sexual a uma mulher na Central do Brasil, na noite de ontem (29). A consultora de vendas Kellen Cristina Pavão, de 26 anos, aguardava o marido quando foi abordada pelo estrangeiro que, num primeiro momento, queria informações sobre como chegar à Cinelândia.

A mulher contou

Norueguês preso em flagrante por importunação sexual a uma mulher na Central do Brasil. Divulgação Polícia Civil

RIO – Um norueguês foi preso em flagrante por importunação sexual a uma mulher na Central do Brasil, na noite de ontem (29). A consultora de vendas Kellen Cristina Pavão, de 26 anos, aguardava o marido quando foi abordada pelo estrangeiro que, num primeiro momento, queria informações sobre como chegar à Cinelândia.

A mulher contou à polícia que logo em seguida Esper Petersen passou a mão pelo corpo dela e disse que Kellen era "muito bonita". Na delegacia, o norueguês disse que “não conseguiu se controlar”. 

Esper Petersen é funcionário terceirizado da Petrobras, fala português fluente e está no Brasil há 25 dias.

A importunação sexual passou a ser crime em setembro, e é por causa dessa lei que ele foi preso. A pena vai de 1 a 5 anos de prisão.