ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Museu de Arte do Rio terá entrada gratuita até 15 de janeiro de 2023

19 de dezembro de 2022

Museu de Arte do Rio terá entrada gratuita até 15 de janeiro de 2023

RIO – Visitantes poderão conhecer as 7 exposições em cartaz.

Adeílson/MAR/Agência Brasil

RIO – O ‘MAR’ – Museu de Arte do Rio – vai funcionar com entrada gratuita para o público até 15 de janeiro, coincidindo com o período de férias.

Como informa reportagem da Agência Brasil, os visitantes poderão conhecer as sete exposições atualmente em cartaz, além do Mirante e do Morrinho, locais já consagrados do museu.

Entre as atrações, estão duas novas mostras, inauguradas no último dia 10. Situada no quinto andar da Escola do Olhar, a exposição Clara Nunes apresenta fotos inéditas de uma das maiores cantoras da música brasileira, Clara Nunes, contando um pouco da relação da artista com o Rio de Janeiro.

Já a mostra Ter Histórias e Territórios, da Universidade das Quebradas, traz vivências e experiências dos alunos quebradeiros durante o curso Arte Preta: Filosofia, História e Curadoria, composto por palestras e troca de saberes entre artistas, professores e pensadores contemporâneos. Os alunos produziram os trabalhos e respondem pela curadoria da mostra, que ocupa o pilotis do museu e a biblioteca do MAR.

No pavilhão de exposições, outras cinco mostras poderão ser visitadas pelo público. Uma delas é a exposição individual Lataria Espacial, do artista paraense Emmanuel Nassar, que faz a integração entre o popular e o erudito. Os visitantes encontrarão ali um avião executivo em tamanho real e poderão interagir com a obra.

Outras atrações

Mas as atrações não param por aí. No primeiro andar do Pavilhão de Exposições, a mostra itinerante da 34ª Bienal de São Paulo – Faz Escuro, Mas Eu Canto apresenta a história do líder abolicionista americano Frederick Douglass a partir de seus retratos, feitos ao longo da vida.

A mostra conta ainda com obras de 13 artistas de oito países.

No segundo andar do pavilhão, o público terá oportunidade de conhecer a mostra Agnaldo Manuel dos Santos – A Conquista da Modernidade. Realizada em parceria com a Almeida & Dale Galeria de Arte, a mostra reúne mais de 70 esculturas em madeira do artista negro baiano, que morreu aos 35 anos, em 1962. Essa exposição ficará no MAR até o dia 26 de fevereiro de 2023.

Organizada em parceria com a Embaixada da França no Brasil, a exposição Margens, do fotógrafo francês Ludovic Carème, apresenta coletânea de 68 fotos, que serão doadas para o acervo do MAR.

A mostra traz um olhar documental referente à dura realidade dos brasileiros e ficará no MAR até 26 de março do próximo ano.

A exposição principal do museu, por sua vez, Um Defeito de Cor, inaugurada em setembro deste ano, faz uma revisão historiográfica da escravidão abordando lutas, contextos sociais e culturais do Século 19.

A mostra é baseada no livro de Ana Maria Gonçalves, que também assina a curadoria ao lado de Marcelo Campos e Amanda Bonan.

No total, são 400 obras de artes entre desenhos, pinturas, vídeos, esculturas e instalações de mais de 100 artistas do Rio de Janeiro, Bahia, Maranhão e até do continente africano, em sua maioria negros, principalmente mulheres.

O ‘MAR’ fica na Praça Mauá, Região Portuária do Rio de Janeiro, e funciona de quinta-feira a domingo, das 11h às 17h.