ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > MP pede interdição do Sambódromo e juíza determina inspeção do Corpo de Bombeiros

28 de fevereiro de 2019

MP pede interdição do Sambódromo e juíza determina inspeção do Corpo de Bombeiros

RIO – Às vésperas do carnaval, o Ministério Público do Rio decidiu pedir a interdição do Sambódromo. A alegação é de que não há garantias de segurança para os frequentadores, especialmente no que diz respeito a incêndios. A Passarela do Samba não tem o certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros. A 6ª Promotoria de Justi&ccedil

Foto: Agência Brasil - EBC

RIO – Às vésperas do carnaval, o Ministério Público do Rio decidiu pedir a interdição do Sambódromo. A alegação é de que não há garantias de segurança para os frequentadores, especialmente no que diz respeito a incêndios. A Passarela do Samba não tem o certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros. A 6ª Promotoria de Justiça explicou que, na verdade, o Sambódromo já está interditado preventivamente pela Corporação para sediar eventos. Mas poderá ser liberado com uma autorização especial.

Diante disso, a juíza Mônica Ribeiro Teixeira, da 1ª Vara de Fazenda Pública, determinou, na noite desta quinta-feira (28), que o Corpo de Bombeiros emita em 24 horas um laudo técnico atestando se o Sambódromo tem condições de receber o público e os desfiles. A partir da liberação dos bombeiros, os presidente da Liesa e da Riotur terão que assinar um termo de responsabilidade assegurando as condições de segurança.