ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Morre o cineasta Maurice Capovilla, aos 85 anos

30 de maio de 2021

Morre o cineasta Maurice Capovilla, aos 85 anos

Há cinco anos Capô estava acamado

Foto: reprodução

Rio de Janeiro – O cineasta Maurice Capovilla, morreu neste sábado (29), aos 85 anos, na casa dele, no Rio de Janeiro. Capô, como era chamado, tinha alzheimer e há cinco anos estava acamado. Em 20 de fevereiro de 2020, o cineasta publicou um texto de despedida no Facebook (leia aqui), destacando o avanço da doença. O vhttp://leia aquielório de Capovilla está marcado para às 15h deste domingo (30) e o corpo será cremado no Crematório da Penitência, no Caju, zona portuária do Rio de Janeiro.

 

Maurice Capovilla nasceu em 16 de janeiro de 1936, em Valinhos, São Paulo, e estreou como cineasta na direção do curta União, em 1962. Além de cineasta, Capô trabalhou como ator, roteirista e produtor. Seu último longa como diretor e roteirista foi Harmada (2003), e como ator, em Donde Comienza el Camino (2005). A seguir alguns trabalhos de Capovilla.

 

  • União (1962, diretor)
  • Os Subterrâneos do Futebol (1964, diretor)
  • Lance Maior (1968, produtor associado)
  • Brasil Verdade (1968, roteirista)
  •  O Bandido da Luz Vermelha (1968, ator)
  • Bebel, Garota Propaganda (1968, roteirista e ator)
  • O Ritual dos Sádicos (1970, ator)
  • Audácia (1970, ator)
  • O Profeta da Fome (1970, diretor)
  • Noites de Iemanjá (1971, roteirista e diretor)
  • Vozes do Medo (1972, roteirista e diretor)
  • A Noite do Espantalho (1974, roteirista)
  • O Jogo da Vida (1977, roteirista e diretor)
  • O Todo Poderoso (telenovela, 1979, diretor)
  • Bububu no Bobobó (1980, roteirista)
  • O Boi Misterioso e o Vaqueiro Menino (1980, roteirista e diretor)
  • Harmada (2003, roteirista e diretor)
  • Donde comienza el camino (2005, ator)