ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ministro do STF mantém indiciamento de Temer por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa

24 de outubro de 2018

Ministro do STF mantém indiciamento de Temer por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa

BRASÍLIA – O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve o indiciamento do presidente Michel Temer pela Polícia Federal por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Além de Temer, mais 10 pessoas foram indiciadas por integrarem um suposto esquema para beneficiar empresas do setor port

Presidente Michel Temer. Arquivo Agência Brasil

BRASÍLIA – O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve o indiciamento do presidente Michel Temer pela Polícia Federal por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Além de Temer, mais 10 pessoas foram indiciadas por integrarem um suposto esquema para beneficiar empresas do setor portuário através de um decreto, em troca de propina.

Os advogados do presidente pediram a anulação do indiciamento por considerarem que a Polícia Federal usurpou a competência do Supremo ao indiciar sem autorização do tribunal, mas o ministro Luís Roberto Barroso considerou que o indiciamento é um ato previsto em lei para qualquer pessoa e que não se pode ter privilégios.