ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ministro da Saúde descarta restringir voos e cruzeiros por causa do coronavírus

27 de fevereiro de 2020

Ministro da Saúde descarta restringir voos e cruzeiros por causa do coronavírus

BRASÍLIA – O ministro da Saúde descartou a hipótese de restringir voos e cruzeiros para o Brasil como forma de dificultar a disseminação do coronavírus.

Divulgação Ministério da Saúde

BRASÍLIA – O ministro da Saúde descartou a hipótese de restringir voos e cruzeiros para o Brasil como forma de dificultar a disseminação do coronavírus. Luiz Henrique Mandetta disse não ver eficácia nesse tipo de medida.

Segundo o ministro, as maneiras mais eficazes de evitar a disseminação da doença são garantir a capacidade da Rede Nacional de Saúde para identificar e testar os casos suspeitos rapidamente, e em caso positivo, adotar os procedimentos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Mandetta disse que a população também deve intensificar os cuidados recomendados para qualquer tipo de gripe, como evitar aglomerações desnecessárias.

O primeiro caso confirmado de coronavírus no Brasil é de um morador da cidade de São Paulo de 61 anos que esteve recentemente na Itália a trabalho e está em isolamento domiciliar.

No Rio, cinco casos suspeitos de coronavírus estão sendo investigados. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), dois casos são na capital, dois em Niterói e um em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.