ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ministra Cármen Lúcia, do STF, suspende permissão para terapia da ‘cura gay’

24 de abril de 2019

Ministra Cármen Lúcia, do STF, suspende permissão para terapia da ‘cura gay’

BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal concedeu liminar cassando a decisão que permitia a prática de ‘reversão sexual’, também conhecida como ‘cura gay ‘. Com isso, volta a valer o entendimento do Conselho Federal de Psicologia, que proíbe psicólogos de oferecerem serviços que proponham o tratamento da homossexualidade.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal concedeu liminar cassando a decisão que permitia a prática de ‘reversão sexual’, também conhecida como ‘cura gay ‘. Com isso, volta a valer o entendimento do Conselho Federal de Psicologia, que proíbe psicólogos de oferecerem serviços que proponham o tratamento da homossexualidade.

A ministra Cármen Lúcia, responsável pelo caso, argumentou que cabe ao Supremo julgar esse tipo de alteração. Por isso, declarou inválida a decisão do juiz Waldemar Claudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, que, no fim do ano passado, havia permitido o tratamento da homossexualidade.