ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ministério Público investiga Metrô Rio por irregularidades

3 de agosto de 2018

Ministério Público investiga Metrô Rio por irregularidades

RIO – O Ministério Público Especial, ligado ao Tribunal de Contas do Estado, pediu a suspensão dos contratos de concessão das Linhas 1, 2 e 4 do metrô carioca, além de recomendar uma nova licitação. Assinado pelos quatro procuradores em exercício do MPE, o documento afirma que  superabundam motivos para sugerir a suspensão e menciona montanha de absurdos no

Agência Brasil

RIO – O Ministério Público Especial, ligado ao Tribunal de Contas do Estado, pediu a suspensão dos contratos de concessão das Linhas 1, 2 e 4 do metrô carioca, além de recomendar uma nova licitação. Assinado pelos quatro procuradores em exercício do MPE, o documento afirma que  superabundam motivos para sugerir a suspensão e menciona montanha de absurdos nos contratos em vigor com a concessionária.

São mais de 500 páginas, apontando o monopólio das concessões em um só grupo empresarial, superfaturamento de R$ 2,5 dois bilhões na linha 4, aumento do repasse de dinheiro público para obra e, também, problemas no cálculo do valor justo da passagem com base no lucro da concessionária Metrô-Rio.

Segundo os procuradores, os documentos que justificam esses cálculos, simplesmente,  desapareceram. O documento está nas mãos do conselheiro do TCE Marcelo Verdini Maia, relator do caso.

O tribunal informou que os detalhes do processo estarão disponíveis, quando ele for apreciado  pelo plenário, o que ainda não tem data marcada.