ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Ministério de Saúde confirma 1ª morte por febre hemorrágica após 20 anos

21 de janeiro de 2020

Ministério de Saúde confirma 1ª morte por febre hemorrágica após 20 anos

SOROCABA – Um morador de Sorocaba, em São Paulo, morreu em decorrência de complicações causadas pela febre hemorrágica.

Divulgação Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

SOROCABA – Um morador de Sorocaba, em São Paulo, morreu em decorrência de complicações causadas pela febre hemorrágica. Essa é a 1ª vez em 20 anos que a doença é registrada no país.

O Ministério da Saúde informou que o paciente começou a apresentar os sintomas no dia 30 de dezembro e foi atendido em três hospitais até morrer por complicações da doença no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo no último dia 11.

Ainda não foi confirmada a origem da contaminação. Segundo o governo de São Paulo, o morador de Sorocaba viajou para as cidades de Itapeva e Itaporanga, locais prováveis de infecção. O paciente não tinha histórico de viagens internacionais.

Os funcionários dos hospitais por onde ele passou estão sendo monitorados, assim como os parentes dele.