ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Milton Ribeiro, pressionado, pede demissão do MEC

28 de março de 2022

Milton Ribeiro, pressionado, pede demissão do MEC

BRASÍLIA – Suposto favorecimento de pastores na distribuição de verbas do Ministério da Educação gerou pressões que culminaram com o pedido de exoneração.

Divulgação/PR

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Milton Ribeiro, entregou nesta segunda-feira (28) o pedido de exoneração ao presidente Jair Bolsonaro.

Ribeiro decidiu deixar o cargo em meio às pressões que passou a sofrer depois de vir à tona um suposto favorecimento de pastores na distribuição de verbas do Ministério.

Na carta em que pediu exoneração, Milton Ribeiro nega as acusações e se defende, afirmando que ‘jamais realizou um único ato de gestão na pasta que não fosse pautado pela correção, pela probidade e pelo compromisso com o erário’.

O ministro também explica que pediu para deixar o cargo para que não paire nenhuma incerteza sobre sua conduta e a do governo federal.

O cargo será ocupado interinamente pelo atual secretário-executivo Victor Godoy Veiga.