ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Michel Platini é preso na França por suspeita de corrupção na Copa do Mundo de 2022 no Qatar

18 de junho de 2019

Michel Platini é preso na França por suspeita de corrupção na Copa do Mundo de 2022 no Qatar

PARIS (agências internacionais) – O ex-presidente da União Europeia de Futebol (UEFA) e ex-camisa 10 da França Michel Platini foi preso hoje (18) como parte das investigações sobre suposta corrupção na escolha do Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022.

Ex-presidente da União Europeia de Futebol (UEFA), Michel Platini. Divulgação Facebook Oficial UEFA

PARIS (agências internacionais) – O ex-presidente da União Europeia de Futebol (UEFA) e ex-camisa 10 da França Michel Platini foi preso hoje (18) como parte das investigações sobre suposta corrupção na escolha do Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022. Platini está sob custódia da polícia judicial em Nanterre, perto de Paris.

O ex-jogador foi presidente da UEFA entre 2007 e 2016 e pediu demissão após ter sido condenado por abuso de poder, conflito de interesses e má gestão no caso do pagamento de 1,8 milhão de euros pelo ex-presidente da FIFA, Joseph Blatter por trabalhos feitos entre 1998 e 2002.

O antigo chefe da União Europeia de Futebol tinha sido inicialmente condenado a oito anos de suspensão pela comissão de ética da FIFA, em 21 de dezembro de 2015, mas a pena foi  reduzida para seis anos.