09 de agosto de 2018

Uso do medicamento genérico contra a Hepatite C poderia reduzir custo do governo em R$ 1 bilhão

Uso do medicamento genérico contra a Hepatite C poderia reduzir custo do governo em R$ 1 bilhão

Reprodução internet

RIO - Se o Brasil utilizasse um medicamento genérico para tratar a Hepatite C, poderia economizar mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos. É o que indica o relatório divulgado pela organização humanitária Médicos Sem Fronteiras.

Ainda de acordo com estudo, o país tem condição de produzir o genérico do Sofosbuvir, já analisado e registrado pela Anvisa. O início do fornecimento ao governo depende, ainda, da análise de pedido de patente, que é feito pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual.

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, existem mais de 1 milhão de pessoas que já tiveram o vírus da hepatite C. Cerca de 650 mil são afetadas pela doença e poderiam ser beneficiadas pelo medicamento.