ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Lula evita falar de candidatura a presidente, mas admite alianças com o centro e até com a direita

10 de março de 2021

Lula evita falar de candidatura a presidente, mas admite alianças com o centro e até com a direita

SÃO BERNARDO DO CAMPO (SP) – Petista disse não ter mágoas pela condenação e pelos 580 dias na prisão. Mas se disse vítima do que chamou de ‘a maior mentira jurídica’ da história do país.

Agência Brasil/Arquivo

SÃO BERNARDO DO CAMPO – (SP) – O ex-presidente Lula evitou falar sobre sua possível candidatura à presidência da República em 2022. Em discurso no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, em São Paulo, o petista afirmou que este não é o momento de se discutir alianças ou candidaturas. Ainda assim, se declarou convencido de que é possível uma aliança entre partidos de esquerda e até com o centro e a direita.

Lula evitou se colocar como candidato, e citou nominalmente outros possíveis nomes, como Fernando Haddad (PT), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) e o líder dos sem-teto Guilherme Boulos (PSOL). Mas frisou que há muita coisa a ser feita antes de se pensar nessas questões.

O ex-presidente disse não ter mágoas pela condenação e pelos 580 dias na prisão. Porém, se declarou vítima do que chamou de ‘a maior mentira jurídica’ da história do país.

No fim do discurso, Lula buscou um tom conciliatório e pediu: ‘não tenham medo de mim’.