ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Laudo inicial indica asfixia como causa da morte de João Alberto

20 de novembro de 2020

Laudo inicial indica asfixia como causa da morte de João Alberto

Reprodução redes sociais

PORTO ALEGRE –  Asfixia pode ter sido a causa da morte do homem negro que foi espancado em um supermercado Carrefour de Porto Alegre na noite de quinta-feira (19), de acordo com análises iniciais do Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul na necropsia de João Alberto Silveira Freitas. O homem, de 40 anos, que segundo amigos trabalhava como soldador, foi agredido por dois seguranças brancos. Câmeras de segurança flagraram as agressões, e as imagens foram divulgadas nas redes sociais.

Segundo o Instituto Geral de Perícias, ainda existem exames laboratoriais em andamento.  Os laudos definitivos devem ser concluídos nos próximos dias.

Os dois seguranças foram presos em flagrante e tiveram a prisão preventiva decretada na tarde desta sexta-feira (20) . Os dois vão responder por homicídio qualificado.