ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Laudo inicial indica asfixia como causa da morte de João Alberto

20 de novembro de 2020

Laudo inicial indica asfixia como causa da morte de João Alberto

PORTO ALEGRE –  Agressões a João Alberto Silveira, um trabalhador negro de 40 anos, foram flagradas por câmeras de segurança e imagens divulgadas nas redes sociais.

Reprodução redes sociais

PORTO ALEGRE –  Asfixia pode ter sido a causa da morte do homem negro que foi espancado em um supermercado Carrefour de Porto Alegre na noite de quinta-feira (19), de acordo com análises iniciais do Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul na necropsia de João Alberto Silveira Freitas. O homem, de 40 anos, que segundo amigos trabalhava como soldador, foi agredido por dois seguranças brancos. Câmeras de segurança flagraram as agressões, e as imagens foram divulgadas nas redes sociais.

Segundo o Instituto Geral de Perícias, ainda existem exames laboratoriais em andamento.  Os laudos definitivos devem ser concluídos nos próximos dias.

Os dois seguranças foram presos em flagrante e tiveram a prisão preventiva decretada na tarde desta sexta-feira (20) . Os dois vão responder por homicídio qualificado.