ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça volta a suspender acordo entre Boeing e Embraer

20 de dezembro de 2018

Justiça volta a suspender acordo entre Boeing e Embraer

SÃO PAULO – O acordo entre a Boeing e a Embraer foi novamente suspenso por uma liminar do juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo. O magistrado acolheu ação apresentada por sindicatos de trabalhadores de regiões onde a Embraer mantém fábricas. O mesmo juiz já havia concedido outra liminar a dois deputados federais, no início do m&ecirc

Foto: Reprodução

SÃO PAULO – O acordo entre a Boeing e a Embraer foi novamente suspenso por uma liminar do juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo. O magistrado acolheu ação apresentada por sindicatos de trabalhadores de regiões onde a Embraer mantém fábricas. O mesmo juiz já havia concedido outra liminar a dois deputados federais, no início do mês, mas o Tribunal Regional Federal da 3ª Região acabou derrubando a decisão.

O acordo, novamente suspenso por decisão judicial, prevê a criação de uma nova empresa de aviação comercial no Brasil. O negócio é avaliado em US$ 5,26 bilhões.

Pelos termos do acordo, a Boeing ficaria com 80% do negócio e a Embraer com os 20% restantes.