ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça pede transferência de PMs chefes de milícia para prisão de segurança máxima

1 de fevereiro de 2019

Justiça pede transferência de PMs chefes de milícia para prisão de segurança máxima

RIO – A justiça determinou a transferência imediata para um presídio de segurança máxima dos dois policiais militares acusados de comandar a milícia de Rio das Pedras, na Zona Oeste.

Presos na Operação Intocáveis, o major Ronald Alves Pereira e o subtenente reformado Maurício Silva da Costa são apontados como chefes do princi

Unidade Prisional da Polícia Militar em Niterói. Reprodução Google Maps

RIO – A justiça determinou a transferência imediata para um presídio de segurança máxima dos dois policiais militares acusados de comandar a milícia de Rio das Pedras, na Zona Oeste.

Presos na Operação Intocáveis, o major Ronald Alves Pereira e o subtenente reformado Maurício Silva da Costa são apontados como chefes do principal e mais antigos grupo de milicianos que atua no Rio de janeiro.

Segundo o grupo de atuação especial de combate ao crime organizado e o Ministério Público do Estado, mesmo presos, os dois recebem, regularmente, visitas no Batalhão Especial Prisional da PM, em Niterói.

O dia da transferência e a Unidade Federal para onde serão levados são mantidos em sigilo, por motivo de segurança.