ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça mantém júri popular para acusados de matar Marielle

9 de fevereiro de 2021

Justiça mantém júri popular para acusados de matar Marielle

RIO – Desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RJ rejeitaram o recurso da defesa do PM reformado Ronnie Lessa e do ex-PM Élcio Vieira de Queiroz.

Divulgação / Polícia Civil

RIO – A Justiça do Rio manteve a decisão de levar a júri popular os dois acusados da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A decisão foi tomada por unanimidade pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça em sessão por videoconferência, na tarde desta terça-feira (9).

O policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz estão presos há dois anos. Lessa é acusado de ter feito os disparos que mataram Marielle e Andereson. Contra Queiroz pesa a acusação de ter dirigido o carro utilizado na noite do crime.

Os desembargadores Luiz Zveiter, Denise Vaccari Machado e Katya Maria Monnerat rejeitaram o recurso da defesa e votaram pela manutenção do julgamento dos réus em júri popular, como já havia determinado, em março do ano passado, o juíz Gustavo Gomes Kalil, da 4ª Vara Criminal.