ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça eleitoral pede impugnação das candidaturas de Lula e Garotinho

21 de agosto de 2018

Justiça eleitoral pede impugnação das candidaturas de Lula e Garotinho

BRASÍLIA – O Ministério Público Eleitoral pediu a rejeição do registro da candidatura do ex-presidente Lula ao Tribunal Superior Eleitoral. Cidadãos comuns também questionaram o pedido de registro do ex-presidente no TSE.

Nas ações apresentadas, Luiz Inácio Lula da Silva é considerado inelegível porqu

O ex-governador Anthony Garotinho. Divulgação Câmara dos Deputados

BRASÍLIA – O Ministério Público Eleitoral pediu a rejeição do registro da candidatura do ex-presidente Lula ao Tribunal Superior Eleitoral. Cidadãos comuns também questionaram o pedido de registro do ex-presidente no TSE.

Nas ações apresentadas, Luiz Inácio Lula da Silva é considerado inelegível porque foi condenado em segunda instância e, por isso, não poderia concorrer de acordo com a lei da Ficha Limpa.

O ex-presidente está preso desde abril em Curitiba, condenado a 12 anos e 1 mês por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá.

E a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio contestou a candidatura do ex-governador Anthony Garotinho à sucessão de Luíz Fernando Pezão. O questionamento tem como base a condenação do candidato pelo Tribunal de Justiça do estado, no mês passado, por improbidade administrativa com lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito.

O processo aponta desvios de R$ 234 milhões da área da saúde, quando o candidato era secretário de governo da mulher dele, a então governador Rosinha Garotinho. A lei da Ficha Limpa torna inelegível os políticos condenados em orgãos colegiados. Agora, Garotinho será notificado e terá o direito de se defender.