ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça do Trabalho afasta Rogério Caboclo da CBF

7 de setembro de 2021

Justiça do Trabalho afasta Rogério Caboclo da CBF

Arquivo CBF / Lucas Figueiredo

RIO – A justiça do Trabalho afastou Rogério Caboclo por 1 ano da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por investigação de assédio sexual. Na decisão, a juíza Aline Maria Leporaci Lopes, do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, aceitou o pedido do Ministério Público do Trabalho e impediu o ingresso e a permanência do dirigente na entidade até setembro do ano que vem.

O TRT do Rio determinou uma multa de R$ 500 mil por dia em caso de desobediência da decisão.

Rogério Caboclo foi acusado por assédio sexual e assédio moral por uma funcionária da Confederação Brasileira de Futebol em junho deste ano e foi afastado da entidade por decisão da comissão de ética da CBF. Ele nega as acusações.