ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Justiça do Rio mantém o afastamento dos vereadores de Petrópolis acusados de desvio de dinheiro e organização criminosa

5 de julho de 2019

Justiça do Rio mantém o afastamento dos vereadores de Petrópolis acusados de desvio de dinheiro e organização criminosa

PETRÓPOLIS – Os vereadores de Petrópolis Ronaldo Luiz de Azevedo Carvalho, o Ronaldão, Luiz Antônio Pereira Aguiar, o Luizinho Sorriso, Reinaldo Meirelles da Sá e Wanderley Taboada devem continuar presos e afastados de suas funções até que novo julgamento seja marcado.

A determinação foi dada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Reprodução facebook

PETRÓPOLIS – Os vereadores de Petrópolis Ronaldo Luiz de Azevedo Carvalho, o Ronaldão, Luiz Antônio Pereira Aguiar, o Luizinho Sorriso, Reinaldo Meirelles da Sá e Wanderley Taboada devem continuar presos e afastados de suas funções até que novo julgamento seja marcado. A determinação é o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Já o julgamento do pedido de prisão preventiva do ex-presidente da Câmara Municipal de Petrópolis, Paulo Igor, e dos vereadores afastados, que estava marcado para esta semana, foi adiado para que Paulo Igor apresente “novos argumentos de defesa”.

Todos são investigados pela operação “Sala Vip”, por receberem propinas de desvios de dinheiro público feito por meio de pagamentos superfaturados a empresas que prestavam serviços à Câmara de Vereadores de Petrópolis.