ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Marcelo Crivella é afastado do cargo, após ser preso por ordem da Justiça

22 de dezembro de 2020

Marcelo Crivella é afastado do cargo, após ser preso por ordem da Justiça

RIO – Marcelo Crivella foi preso hoje (22) em uma ação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público estadual contra um suposto “QG da propina” na prefeitura da capital fluminense.

Agência Brasil / Tânia Rêgo

RIO – A Justiça do Rio determinou o afastamento do prefeito Marcelo Crivella do exercício da função. O mandato de Crivella terminaria no próximo dia 31.

A desembargadora Rosa Helena Penna Guita determinou que o prefeito se abstenha de realizar qualquer ato inerente ao exercício do cargo. No despacho da prisão, a desembargadora enfatizou que, embora restem poucos dias para terminar o mandato, a manutenção no cargo até lá implicaria em riscos à ordem pública.

Marcelo Crivella foi preso hoje (22) cedo em uma ação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público estadual contra um suposto “QG da propina” na prefeitura da capital fluminense. Além de Crivella, foram presos o empresário Rafael Alves, o delegado aposentado Fernando Moraes, o ex-Tesoureiro da campanha do prefeito, Mauro Macedo, e dois empresários da área de seguros.

Fernando Moraes está com sintomas de Covid-19 e, por isso, não foi levado para a Delegacia Fazendária como os outros. Ele foi levado para a Polinter, que também fica na Cidade da Polícia, na Zona Norte carioca.

A prisão de Crivella acontece 9 dias antes de terminar o mandato dele como prefeito do Rio. Como o vice-prefeito dele, Fernando McDowell, morreu em maio de 2018, quem assume a prefeitura enquanto o prefeito estiver preso é o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Felipe (DEM).