ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Jungmann diz que ‘complô’ atrapalha investigação do caso Marielle Franco

22 de novembro de 2018

Jungmann diz que ‘complô’ atrapalha investigação do caso Marielle Franco

BRASÍLIA – O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que um ‘complô’ tem impedido de vir à tona os mandantes e executores do assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL do Rio. O crime aconteceu no dia 14 de março e até hoje ninguém foi preso.

Jungmann disse que, sem sombra de dúvida, existe

Foto: Agência Brasil

BRASÍLIA – O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que um ‘complô’ tem impedido de vir à tona os mandantes e executores do assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL do Rio. O crime aconteceu no dia 14 de março e até hoje ninguém foi preso.

Jungmann disse que, sem sombra de dúvida, existem interesses envolvendo agentes públicos, milícias e políticos que não querem e impedem que se chegue aos mandantes, sobretudo os que o ministro chamou de ‘poderosos mandantes’, e também aos executores.