11 de fevereiro de 2019

Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em SP

Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em SP

Foto: Reprodução

SÃO PAULO - O jornalista Ricardo Boechat morreu nesta segunda-feira (11) na queda de um helicóptero em São Paulo. A aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela Rodovia Anhanguera. O acidente vitimou também o piloto, Ronaldo Quattrucci. O motorista do caminhão teve ferimentos leves. Segundo o capitão Paiva, da Polícia Militar, a aeronave tentou pousar no acesso do Rodoanel Mário Covas quando 'o caminhão que havia acabado de passar pela praça de pedágio na faixa do sem parar não teve tempo hábil de frear e colidiu com a aeronave ainda pousando'.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da Rádio Bandnews FM, além de colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais ‘O Globo’, ‘O Dia’, ‘O Estado de S.Paulo’ e ‘Jornal do Brasil’ e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. 

Considerado um dos mais prestigiados jornalistas do país, Ricardo Boechat ganhou três vezes o Prêmio Esso. Um perfil do jornalista no site da BandNews informa que ele era recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se e o único a ganhar em três categorias diferentes: Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV.

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia, em 2014, Boechat foi eleito o jornalista o mais admirado. Em 1998, lançou o livro ‘Copacabana Palace – Um Hotel e Sua História’.

Segundo informações de jornalistas da TV Band, ele tinha ido a Campinas para dar uma palestra e retornava a São Paulo, quando aconteceu o acidente.O helicóptero deveria pousar no heliponto da Band, no Morumbi, Zona Sul da capital paulista.

A aeronave era um Bell Helicopter, fabricado em 1975. Com capacidade para cinco pessoas, incluindo o piloto, esse tipo de aeronave é considerado seguro. Ainda não se sabe as causas do acidente. Mas o desastre já começou a ser investigado por uma equipe do Seripa-IV, órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, o Cenipa.

Ricardo Boechat tinha 66 anos. O jornalista deixa mulher e seis filhos.