ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Itamaraty vai pedir à CIA documentos sobre mortes durante a ditadura

14 de maio de 2018

Itamaraty vai pedir à CIA documentos sobre mortes durante a ditadura

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, instruiu a embaixada brasileira em Washington, nos EUA, a solicitar a liberação completa dos registros - José Cruz/Arquivo Agência Brasil

BRASÍLIA – A embaixada do Brasil em Washington foi "instruída" a solicitar ao governo americano documentos produzidos pela CIA sobre operações de tortura e morte de brasileiros durante o regime militar. A informação foi dada pelo Ministério das Relações Exteriores.

A determinação contempla o pedido feito na sexta-feira pelo presidente do conselho do instituto Vladimir Herzog, Ivo Herzog, filho do jornalista assassinado na ditadura militar. O pedido de Ivo ao Itamaraty foi feito após a revelação de um memorando da CIA dando conta de que o general Ernesto Geisel, presidente do Brasil entre 74 e 79, sabia e autorizou a execução de opositores durante a ditadura.

O pai de Ivo, Vladimir Herzog foi torturado e morto em uma cela do Doi-Codi em São Paulo, no dia 25 de outubro de 1975. Na época, o regime militar afirmou que Herzog tinha se suicidado.