ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Inflamação adia cirurgia de Bolsonaro para depois da posse

23 de novembro de 2018

Inflamação adia cirurgia de Bolsonaro para depois da posse

SÃO PAULO – O presidente eleito, Jair Bolsonaro, só vai retirar a bolsa de colostomia no ano que vem. Foi o que informou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde Bolsonaro fez hoje exames pré-operatórios. Inicialmente, a operação estava prevista para 12 de dezembro, dois dias após a diplomação.

O boletim m&ea

Foto: Agência Brasil

SÃO PAULO – O presidente eleito, Jair Bolsonaro, só vai retirar a bolsa de colostomia no ano que vem. Foi o que informou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde Bolsonaro fez hoje exames pré-operatórios. Inicialmente, a operação estava prevista para 12 de dezembro, dois dias após a diplomação.

O boletim médico divulgado pelo hospital informa que o paciente está bem clinicamente e mantém ótima evolução. Mas os exames de imagem ainda mostram inflamação do peritônio e um processo de aderência entre as alças intestinais.

Em setembro, Bolsonaro ficou 23 dias internado em São Paulo, após ser esfaqueado na barriga durante um ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais, onde passou por uma primeira cirurgia. Depois da transferência para o Albert Einstein, ele teve uma obstrução no intestino e foi submetido a uma segunda operação.

A próxima cirurgia, considerada mais simples que as anteriores, será a terceira, desde o atentado a faca.