ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira, em SP

30 de julho de 2021

Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira, em SP

Divulgação Corpo de Bombeiros/SP

SÃO PAULO – A Polícia Civil de São Paulo investiga as causas e eventuais responsabilidades pelo incêndio que atingiu o galpão da Cinemateca Brasileira, na Vila Leopoldina, na noite passada. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo dos Bombeiros, o fogo começou em um aparelho de ar-condicionado de uma das salas de acervo histórico de filmes do 1º andar que passava por uma manutenção feita por empresa terceirizada. Uma faísca teria dado início ao incêndio, e a empresa não conseguiu controlá-lo.

Cerca de quatro toneladas de documentos sobre a história do cinema no Brasil, equipamentos que eram relíquias para um futuro museu e parte do acervo de Glauber Rocha estavam entre os materiais armazenados no galpão. Alguns tinham mais de 100 anos e seriam usados na montagem de um museu sobre o cinema brasileiro. No prédio, ficavam gravados 1 milhão de documentos da antiga Embrafilme, como roteiros, artigos em papel, cópias de filmes e documentos antigos. Alguns tinham mais de 100 anos e seriam usados na montagem de um museu sobre o cinema brasileiro.

A Polícia Federal também vai apurar o caso, segundo a Secretaria Especial da Cultura, pasta do governo federal responsável por administrar a Cinemateca Brasileira.