11 de fevereiro de 2019

IML recorre a exames de DNA para identificar 4 vítimas da tragédia do Ninho do Urubu

IML recorre a exames de DNA para identificar 4 vítimas da tragédia do Ninho do Urubu

Agência Brasil/ Tomaz Silva

RIO - Quatro vítimas do incêndio no Ninho do Urubu vão passar por exames de DNA para ter os corpos reconhecidos pelos familiares. A informação é da assessoria de comunicação do Flamengo. No estado em que se encontram os corpos, é impossível a identificação, a partir da arcada dentária, procedimento aplicado para identificar outras vítimas da tragédia da última sexta-feira (8).

O Flamengo suspendeu por tempo indeterminado todas as atividades das categorias de base. O clube liberou os atletas, que deverão passar esse período de luto ao lado dos familiares.

O Flamengo pagou a passagem para os 13 jovens que sobrevivem à tragédia e ofereceu acompanhamento psicológico, antes da viagem.

Os jogadores do sub-20 que participaram da copa São Paulo e se reapresentariam no dia 18, também terão o período de férias prolongado. As competições das categorias de base tem início previsto para o dia 16 de março, com a disputa da Taça Guanabara.

O clube aguarda um posicionamento da Federação Estadual de Futebol sobre possíveis mudanças no calendário.