ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Gustavo Bebianno, ex-ministro de Bolsonaro, morre no Rio aos 56 anos

14 de março de 2020

Gustavo Bebianno, ex-ministro de Bolsonaro, morre no Rio aos 56 anos

TERESÓPOLIS – Gustavo Bebianno tinha 56 anos e sofreu um queda após  um infarto no sítio, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, onde estava com o filho.

O ex-ministro de Jair Bolsonaro e pré-candidato a prefeito do Rio Gustavo Bebianno tinha 56 anos. Valter Campanato / Agência Brasil

TERESÓPOLIS – Morreu em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, o ex-ministro de Jair Bolsonaro e pré-candidato a prefeito do Rio, Gustavo Bebianno. Ele tinha 56 anos e sofreu uma queda após um infarto no sítio, onde estava com o filho. Bebiano chegou a ser levado pra o hospital, mas não resistiu. O corpo foi enviado para a necrópsia no IML de Teresópolis devido ao ferimento na cabeça provocado pela queda.

A informação sobre a morte do pré-candidato a prefeito do Rio foi dada pelo presidente do PSDB fluminense, Paulo Marinho. Os dois estiveram na campanha presidencial de Jair Bolsonaro, mas romperam com ele no primeiro ano de governo.

Além de líder do PSL, Gustavo Bebianno ocupou a Secretaria-Geral da Presidência durante um mês e 18 dias.

O corpo de Gustavo Bebianno será enterrado neste sábado (14), às 17h, no Cemitério Municipal Carlinda Berlim, em Teresópolis. Amigos contaram que era um desejo de Bebianno ser enterrado no município, onde ele tinha um sítio.