ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Greve dos caminhoneiros provoca falta de combustíveis no Rio e causa problemas pontuais na Baixada

23 de maio de 2018

Greve dos caminhoneiros provoca falta de combustíveis no Rio e causa problemas pontuais na Baixada

RIO – Caminhoneiros fazem nesta quarta-feira (23) o terceiro dia de protesto por causa do preço do diesel e os impostos que incidem sobre os combustíveis. Os motoristas bloqueiam vias ou se mobilizam no acostamento de estradas de acesso a vários estados, entre eles o Rio de Janeiro.

Os manifestantes já bloquearam, hoje (23) pela manhã, parte da Via

Arquivo Agência Brasil

RIO – Caminhoneiros fazem nesta quarta-feira (23) o terceiro dia de protesto por causa do preço do diesel e os impostos que incidem sobre os combustíveis. Os motoristas bloqueiam vias ou se mobilizam no acostamento de estradas de acesso a vários estados, entre eles o Rio de Janeiro.

Os manifestantes já bloquearam, hoje (23) pela manhã, parte da Via Dutra e da Avenida Brasil, no trecho entre Jardim América e Parada de Lucas, sentido Centro. Já houve protesto também na BR101, no trecho de Campos, e na Niterói Manilha, em Itaboraí.

O estado do Rio é um dos mais afetados por conta do impacto na distribuição de bens, como os alimentos. Há falta de gasolina na capital, o que afeta o número de ônibus na Região Metropolitana e na Baixada Fluminense, e os preços de outros produtos já aumentaram por conta da escassez gerada por essa greve.

Em um posto de combustíveis na Rodovia Washington Luís, altura de Duque de Caxias, os motoristas de ônibus fizeram fila para abastecer. O Metrô Rio reforçou a operação em 41 estações do sistema.

Os caminhoneiros protestam contra o preço do diesel e os impostos que incidem sobre os combustíveis. Eles reclamam também dos frequentes reajustes que fazem parte da política de preços da Petrobras, em vigor desde julho.