ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Greve de caminhoneiros pode prejudicar fornecimento de água no Rio

24 de maio de 2018

Greve de caminhoneiros pode prejudicar fornecimento de água no Rio

Captação de água Imunana-Laranjal. Divulgação Cedae

RIO – A greve dos caminhoneiros contra a alta dos combustíveis já afetou os transportes e abastecimento de alimentos e também pode afetar o fornecimento de água do Rio. A Cedae pediu, através de uma nota, que a população do estado economize água porque o bloqueio de carretas nas estradas em todo o país provoca dificuldade de entrega no fornecimento de produtos químicos usados pela empresa.

Na nota a Cedae escreveu: “A dificuldade de entrega está causando baixa no estoque dos produtos químicos. A Cedae permanecerá agindo para que suas atividades de produção continuem sem interrupção, no entanto, pede à população que economize água até que seja restabelecida a normalidade na entrega dos produtos químicos necessários e fundamentais ao tratamento".

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Caminhoneiros, José da Fonseca Lopes, a paralisação dos caminhoneiros só será suspensa se o Senado aprovar, ainda hoje (24), o projeto que elimina a cobrança de PIS/Cofins sobre o diesel até o fim do ano. Ainda assim, a suspensão do movimento, de acordo com o presidente da entidade, só acontecerá após a sanção presidencial.

A Câmara dos Deputados aprovou, ontem (23) à noite, em votação simbólica, o projeto e todas as propostas de alteração do texto foram rejeitadas.