ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Grêmio e Inter se unem para proteger população de rua do frio

6 de julho de 2019

Grêmio e Inter se unem para proteger população de rua do frio

Foto: Jéssica Maldonado/FBPA

Porto Alegre – O ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, foi usado como abrigo para pessoas em situação de rua na noite desta sexta-feira (05) e madrugada deste sábado (06). A diretoria do Internacional realizou a ação de solidariedade acolhendo 120 pessoas para passar a noite; outras 100 receberam atendimento, mas não dormiram no local. Além de colchonetes e cobertores, a população de rua fez refeição de sopa preparada por voluntários da ONG Cozinheiros do Bem na noite de sexta, e tomou café da manhã. A ação também contou com a colaboração de torcedores e diretoria do Grêmio, além da Prefeitura de Porto Alegre. A população da cidade doou 50 mil peças de agasalhos, sete toneladas de alimentos, 2 mil cobertores e material de higiene.

 

As regiões Sul e Sudeste registraram a madrugada mais fria do ano neste sábado, consequência da chegada de uma massa de ar polar ao país. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mais baixa foi em Quaraí, no Rio Grande do Sul, com menos -5º, e sensação térmica de -10º. Houve registro de neve com fraca intensidade em São Joaquim, na serra catarinense, e em Cambará do Sul, Gramado, São Francisco de Paula, Canela e São José dos Ausentes, municípios gaúchos. No Rio de Janeiro, segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a mínima foi de 14º, registrada às 4h, no Alto da Boa Vista. Em São Paulo, a mínima de 7,4º provocou a morte de um morador de rua, no bairro de Itaquera, na zona leste da capital. Outros dois casos já tinham sido registrados na sexta-feira.