ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Governo vai convocar médicos brasileiros para substituir cubanos no programa “Mais Médicos”

15 de novembro de 2018

Governo vai convocar médicos brasileiros para substituir cubanos no programa “Mais Médicos”

BRASÍLIA – O Conselho Federal de Medicina (CFM) se manifestou  sobre o anúncio do governo de Cuba de retirar os profissionais do país do programa do governo brasileiro “Mais Médicos”. Em nota divulgada à imprensa, a entidade garante que o Brasil conta com médicos formados em número suficiente para atender às demandas da população, mas ressalta

Arquivo Agência Brasil / José Cruz

BRASÍLIA – O Conselho Federal de Medicina (CFM) se manifestou  sobre o anúncio do governo de Cuba de retirar os profissionais do país do programa do governo brasileiro “Mais Médicos”. Em nota divulgada à imprensa, a entidade garante que o Brasil conta com médicos formados em número suficiente para atender às demandas da população, mas ressalta que o governo deve oferecer a esses médicos condições adequadas para atender a população.

As autoridades de Cuba contaram que os profissionais cubanos deixarão o programa por discordarem de exigências feitas pelo futuro governo, como a revalidação dos diplomas. 

Ontem (14), o Ministério da Saúde anunciou que vai lançar um edital nos próximos dias para médicos brasileiros que queiram ocupar as vagas que serão deixadas pelos cubanos no programa “Mais Médicos”, que atende população que vive em áreas carentes e periferias. O ministério informou que, desde 2016, vem reduzindo o número de médicos cubanos no programa. Segundo o ministério, 8.332 vagas são ocupadas por esses profissionais atualmente.

Ainda segundo o ministério da Saúde, será respeitada a convocação prioritária de candidatos brasileiros formados no país, seguida de brasileiros formados no exterior.