ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Governo estuda acabar com deduções médicas do Imposto de Renda e reduzir alíquotas em 8%

5 de julho de 2019

Governo estuda acabar com deduções médicas do Imposto de Renda e reduzir alíquotas em 8%

BRASÍLIA – O governo estuda acabar com as deduções médicas do Imposto de Renda de Pessoa Física. Esse mecanismo permite ao contribuinte diminuir o valor do imposto devido ou aumentar a restituição. No lugar do benefício, o governo propõe um corte de 8% nas alíquotas, que variam de 7,5% a 27,5%.

Foto: Agência Brasil/EBC

BRASÍLIA – O governo estuda acabar com as deduções médicas do Imposto de Renda de Pessoa Física. Esse mecanismo permite ao contribuinte diminuir o valor do imposto devido ou aumentar a restituição. No lugar do benefício, o governo propõe um corte de 8% nas alíquotas, que variam de 7,5% a 27,5%.

De acordo com a equipe econômica, a mudança pode aliviar os cofres públicos e, ao mesmo tempo, corrigir uma distorção causada por esse tipo de subsídio tributário, que acaba beneficiando uma parcela pequena e mais rica da população.

Segundo estudo do Ministério da Economia, em 2017 o gasto tributário com as deduções foi de R$ 15 bilhões. Com o corte nas alíquotas, a renúncia o governo seria menor e ficaria em torno de R$ 14,6 bilhões.