ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Governo descarta mexer no reajuste do salário mínimo e no Benefício de Prestação Continuada

19 de setembro de 2019

Governo descarta mexer no reajuste do salário mínimo e no Benefício de Prestação Continuada

BRASÍLIA – O salário mínimo e o Benefício de Prestação Continuada, que é pago a idosos de baixa renda, vão continuar a ser corrigidos pela inflação. Foi o que afirmou o Ministério da Economia, acrescentando que o governo decidiu manter o poder de compra dessas duas fontes.

Foto: Pixabay

BRASÍLIA – O salário mínimo e o Benefício de Prestação Continuada, que é pago a idosos de baixa renda, vão continuar a ser corrigidos pela inflação. Foi o que afirmou o Ministério da Economia, acrescentando que o governo decidiu manter o poder de compra dessas duas fontes.

Mais cedo, o secretário especial adjunto de Fazenda, Esteves Colnago, havia afirmado que o governo estuda desindexar a economia. O ministério esclareceu, então, que o salário mínimo e o Benefício de Prestação Continuada não serão afetados.

O governo quer revisar as regras fiscais para conter o crescimento das chamadas ‘despesas obrigatórias’.