ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Governo decide não vetar acordo Boeing-Embraer

10 de janeiro de 2019

Governo decide não vetar acordo Boeing-Embraer

BRASÍLIA – O governo brasileiro não vai exercer o poder de veto ao acordo entre a Boeing e a Embraer para criar uma nova empresa na área de aviação comercial. Foi o que informou o Palácio do Planalto. Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, o presidente Jair Bolsonaro foi informado por ministros de que a proposta final do acordo preserva a soberania e os

Foto: reprodução

BRASÍLIA – O governo brasileiro não vai exercer o poder de veto ao acordo entre a Boeing e a Embraer para criar uma nova empresa na área de aviação comercial. Foi o que informou o Palácio do Planalto. Segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, o presidente Jair Bolsonaro foi informado por ministros de que a proposta final do acordo preserva a soberania e os interesses nacionais.

A Boeing vai deter 80% do novo negócio e a Embraer, os 20% restantes. Como controladora da nova empresa, a Boeing efetará um pagamento US$ 4,2 bilhões, o equivalente a R$ 16,4 bilhões, valor 10% maior que o inicialmente previsto.

O acordo precisava ser aprovado pelo governo brasileiro, que tem poder de veto em decisões estratégicas sobre a Embraer, como a transferência de controle acionário da empresa.