ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > General Azevedo e Silva desiste de ser diretor-geral do TSE

16 de fevereiro de 2022

General Azevedo e Silva desiste de ser diretor-geral do TSE

BRASÍLIA – Ex-ministro da Defesa, o oficial alegou questões pessoais de saúde e familiares para rejeitar o cargo.

José Cruz/Agência Brasil

BRASÍLIA – O general Fernando Azevedo e Silva desistiu de ser o novo de diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral. Ex-ministro da Defesa, Azevedo e Silva passaria a ocupar o cargo na próxima gestão da corte, que tem início em 22 de fevereiro, com o ministro Edson Fachin na presidência.

O TSE informou que o general alegou questões pessoais de saúde e familiares para não aceitar o cargo. O novo nome para a Diretoria-Geral deve ser anunciado até sexta-feira (18).

Em agosto, quem vai assumir a presidência do Tribunal Superior Eleitoral é o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Moraes tinha a intenção de manter o general Azevedo e Silva da Diretoria-Geral do TSE.